segunda-feira, 7 de julho de 2014

R. Frost, em geminação, e para MR


Blue-Butterfly Day

É um dia azul de borboletas, por aqui, na Primavera
E com estes flocos de céu a pairar flutuando
Parece haver mais cor nas suas asas
Do que nas flores, a menos que elas se apressem.

E estas são flores que voam e tudo, mas não cantam:
Assim por um desejo intenso de sobrevivência
Elas flutuam em bando sobre o vento, e avançam
Por entre os sulcos enlameados, ainda, deste Abril.

Robert Frost (1874-1963).

Nota pessoal: o poema na versão original pode ler-se no "Prosimetron", onde MR o postou, hoje.

4 comentários:

  1. Gostei muito a tradução. Muito obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um poeta que sempre me deu prazer traduzir.
      Foi um gosto..:-)

      Eliminar