sexta-feira, 18 de julho de 2014

Ainda a língua portuguesa, e seus derivados (alguns, tóxicos...)


Falam-se crioulos de base portuguesa em Cabo Verde (onde têm servido de instrumento a uma literatura de importância considerável, há mais de 50 anos), na Guiné-Bissau, numa pequena zona do Senegal (Casamance) e nas ilhas de S. Tomé, Príncipe e Ano Bom (antiga Guiné Equatorial)... [Ivo Cruz, in Territórios e Comunidades Linguísticas, 2006].
Ora, é por isto (língua), pelo petróleo, pelo Banif e pela venalidade internacionalista do sr Machete que, mais tarde ou mais cedo, a Guiné Equatorial, do cleptocrata sr. Obiango, virá a integrar a C. P. L. P. ...

2 comentários: