domingo, 1 de novembro de 2015

Memória (104)


O realizador de cinema José Fonseca e Costa faleceu hoje, pela manhã, com 82 anos.
Nome maior da filmografia nacional, a sua obra conseguiu aliar, com sábia habilidade, uma rigorosa qualidade com diversos sucessos de bilheteira. Por gosto pessoal, eu distinguiria três dos seus filmes: Kilas, o mau da fita (1980), com Mário Viegas, Sem sombra de pecado (1982) e Balada da Praia dos Cães (1987), baseado no romance homónimo de Cardoso Pires, e em que Raul Solnado tem um notável desempenho.
É deste último filme que deixamos um pequeno excerto, em vídeo.





3 comentários:

  1. Concordo com esta seleção.
    Lembro-me sempre da história das «cavalheiras» de Sem sombra de pecado: «- Andam apra aí umas cavalheiras a telefonar»...
    Tb gostei do último que ele fez: Viúva Rica Solteira não Fica.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Não estou muito seguro, se vi o último de quefala ("Viúva Rica..."), mas marcante e notável ainda hoje me lembro da magnífica interpretação de Raul Solnado...

      Eliminar