sexta-feira, 17 de abril de 2015

Divagações 86


O destino infausto dos outros cria um cenário pesado a que o céu cinzento dá simétrica cobertura, hoje, cedo, pela manhã.
Não se pode, simplesmente, fechar o porão a sete chaves sobre as novas tristes, e seguir viagem, como se nada se passasse.
Nem a leveza é para aqui chamada, infelizmente. Felizes dos animais, sem alma e de coração tranquilo.

4 comentários:

  1. O melhor é pensar-se que afinal as nuvens também acabam por passar.

    Gostei da imagem que escolheu.

    Boa noite:)

    ResponderEliminar