sábado, 7 de fevereiro de 2015

Filatelia C


Os selos executados por impressão a talhe doce sempre foram uma das minhas tentações filatélicas maiores. Portugal tem uma década brilhante, neste particular, durante os anos 40 do século passado. Mas o fabrico, por este processo, é muito dispendioso.
A Suécia, no entanto - creio -, continua a produzir uma boa parte das suas estampilhas postais em talhe doce. O que confere aos seus selos uma qualidade estética superior. Deixo, em imagem e para exemplo, uma série de 1970, que tem por motivo o círculo polar árctico.

3 comentários:

  1. Muito a propósito, com o frio que se faz sentir por cá.
    Bom domingo!

    ResponderEliminar
  2. Muito a propósito, com o frio que se faz sentir por cá.
    Bom domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calhou, e calhou bem..:-)
      Bom resto de domingo!

      Eliminar