domingo, 29 de março de 2015

Mercearias Finas 99


O ser humano tem destas coisas...
Para tudo haverá requisitos indispensáveis, manias, superstições, mimetismos subjectivos que nos estão inscritos, indelevelmente, no ADN e no sangue.
Se, para fazer um arroz, não encontro, nas gavetas da cozinha, a colher de pau mais antiga, a mais pequena e escura (a ASAE que se cuide!...), começo a ficar possesso e a augurar o pior, para o acompanhamento - pensando, ao mesmo tempo, que nada me vai correr bem. O mesmo acontece, em relação ao tacho. Que terá de ser o médio, de mais escuro interior, crestado por um fogo ancestral, e vimaranense.
Mas, como hoje, encontrei os imprescindíveis apetrechos culinários, o arroz de tomate quase saiu perfeito. E a regra, pelos pressupostos atávicos, se cumpriu à maneira.

12 comentários:

  1. Mas que bom aspecto!! (suspiro)
    Isto não se faz - publicar posts destes...;-))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até retardei, um bocadinho (mudámos a hora, hoje, por cá), o poste, para não aguçar as vontades..:-)

      Eliminar
  2. É verdade, que bom aspeto! :)
    Por aqui, foi um bacalhau no forno com batatinhas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O presigo foi língua fumada, estufada, com couve-flor, ervilhas e cenoura.
      Bom resto de Domingo!

      Eliminar
  3. Tem muito bom aspecto!
    Aqui em casa também há uns utensílios de culinária, que têm história; um deles é uma velhíssima chávena de plástico, feia e velha até dizer chega (tem uns 50 anos), mas é a medida de sempre, para a farinha e o açucar do pão de ló.
    E há outros...

    Boa noite:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há sempre desses objectos antigos nas casas de família, que são velhos, mas ainda muito úteis. Quase ganharam direito a ser eternos, passando de geração em geração.
      Boa noite!

      Eliminar
  4. Leva açafrão, o seu arroz, ou é da luminosidade quente da cozinha que está com aquele tom?

    ResponderEliminar
  5. Para a próxima, experimentarei por-lhe um pouco de açafrão. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, pelo menos, mais um sabor diferente..:-)

      Eliminar
  6. Este arroz tem muito bom aspecto!! Boa tarde!

    ResponderEliminar