segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Achar o fio à meada...


"Logo que se ouviram os sons alegres de «Danielo Cooper», tão parecidos com a dança russa do trepak..."
" - Sim, isto é que é «Danielo Cooper" - replicou Maria Dmitrievna..."
Estas palavras podemos encontrá-las, respectivamente, nas páginas 87 e 88 do romance "Guerra e Paz" (Inquérito, 1957), de Leão Tolstoi (1828-1910), na versão portuguesa de José Marinho. A busca a que procedi sobre esta dança, não me trouxe dados muito sólidos, e até o próprio nome aparece sob múltiplas siglas: Danilo Kupor, Daniel Cooper, Danila Cooper, para além da que foi escolhida pelo tradutor português.
Ao que parece, teria sido uma dança muito popular entre a aristocracia russa, no período das guerras napoleónicas (1803-1815), daí ser referida por Tolstoi. A música teria tido a sua origem numa antiga contradança inglesa, caracterizada por movimentos fáceis, mas rápidos, provindo o nome do compositor que a criou.
O vídeo é uma encenação moderna, russa, desta música e dança, mas dará para fazermos uma ideia de como seria executada, no tempo de "Guerra e Paz".

com envoi para MR.

4 comentários:

  1. Muito obrigada.
    Nunca tinha visto esta Danielo Cooper, que parece uma versão moderada (para ser dançada em salões e pela aristocracia) do trepak.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem de quê.
      No "Guerra e Paz", tudo leva a crer, que era dançado por pares individualizados. Nos vários filmes que fizeram sobre o romance de Tolstoi, metem sempre uma valsa...que é mais romântico...

      Eliminar
  2. Também não conhecia esta dança.
    Miss Tolstoi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o seu parente não deixou de falar nela..:-))

      Eliminar