terça-feira, 15 de setembro de 2015

Castiça, popular e do Baixo-Minho


Do meu corpete marelo
fiz um colet'ò meu home;
Cada cal pode coçar
no sítio donde le come.


Nota: a quadra popular foi colhida no livro Apontamentos acerca do falar do Baixo-Minho (1957), de F. J. Martins Sequeira. Mantive os erros ortográficos da versão original.

2 comentários: