terça-feira, 3 de maio de 2016

Um gráfico alemão com nome inglês


É por vezes classificado como pintor, que também foi, mas John Heartfield (1891-1968) é sobretudo conhecido pela sua obra gráfica de conteúdo político e satírico, em que sobressai uma arreigada coerência de combate ao nazismo e de defesa e apologia do comunismo.
Em 1916, em protesto contra os sentimentos anti-britânicos dos alemães, em plena I Grande Guerra, transforma o seu apelido germânico Hertzfeld para Heartfield. Nos anos 30, funda a revista Die Pleite onde combate a ascensão do nazismo através de foto-montagens muito sugestivas.


Inconformado com a situação política alemã, emigra para a Inglaterra, em 1938, onde permanece até 1954, regressando a Berlim Leste (RDA), onde virá a colaborar com o Berliner Ensemble, de Bertolt Brecht. É desse período inglês o cartaz de propaganda ao voto das Mulheres.




4 comentários:

  1. Não conhecia. O cartaz é giro.
    Bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente o cartaz é muito bonito.
      Bom dia!

      Eliminar
  2. De onde se vê que, a despeito da história de guerra, há mais de permutável entre a expressão inglesa e a alemã do que os nativos das mesmas gostam de pensar. Belos cartazes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida. A raiz genética é, parcialmente, a mesma.

      Eliminar