quarta-feira, 12 de abril de 2017

Mercearias Finas 121


A época convida a iguarias especiosas, a que o anho ou cordeiro é convocado ao sacrifício, normalmente. Mas também as libações obrigam a uma exigência especial que não desmereça a vianda pascal, sacrificada.
Dentre a, hoje numerosa qualitativamente, enologia nacional há 4 ou 5 ícones fora de série que nem todos tiveram ou terão oportunidade de apreciar. Quer pelo preço, pela dificuldade, quer pela impossibilidade: neste último caso, por nem sequer estarem à venda.
A nível de preços, ostensivamente, temos o Barca Velha duriense e o Pêra Manca, alentejano de cepa antiga. Ou os vinhos do Hotel do Buçaco que, recentemente, sairam do circuito fechado do Hotel Astória (Coimbra) e do Palace realengo. Também muito caros, no exíguo circuito comercial que frequentam.
Quanto aos impossíveis ou improváveis de lá chegar, há uns vinhos extraordinários da Bairrada do centro estadual, antigo, onde se faziam experiências notáveis com a casta Baga, aqui há uns bons anos. E os magníficos vinhos da Direcção-Geral dos Serviços do Centro de Estudos Vitivinícolas de Nelas, que deixaram um rasto imperecível de qualidade, na sua longevidade sempre juvenil de perfeição. Há dias, o meu bom amigo C. S., decidiu, generosamente, partilhar connosco, a propósito de uns queijos portugueses, uma destas preciosidades da colheita de 1970.
Não tenho palavras para o gabar. Tal como uma boa música ou um alto poema, o melhor é calar e guardar, na memória, essa experiência inolvidável, impossível de traduzir, na modéstia humana da nossa limitada expressão.

com grato reconhecimento, para C. S..

4 comentários:

  1. É pá até me deixou cheiinha de pena de não gostar de vinho. O que eu perco...malvado mau gosto. Segundo me dizem, ainda por cima ficava bem disposta. Isto é que é azar.
    Paciência, como o cabrito e já vale.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diria Camões: "quem não sabe da arte, não a estima..."

      Eliminar
  2. Votos de uma excelente Páscoa!
    Muito boa tarde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado. Retribuo, cordialmente.
      Boa noite!

      Eliminar