quarta-feira, 13 de junho de 2018

Eugénio de Andrade (1923-2005)



P. S.: em aditamento, a pedido, aqui deixo, com gosto e cordialmente, a capa da antologia eugeniana, donde foram retirados os 2 poemas, em imagem.
Aproveito para lembrar que passam, hoje, 13 anos sobre o falecimento de Eugénio de Andrade.


10 comentários:

  1. Respostas
    1. Missão cumprida!..:-)
      A Delfos editou o livro, no Porto, a 25 de Novembro de 1961.
      Muito embora Eugénio de Andrade tenha modificado alguns poemas, em livros posteriores.
      Bom dia.

      Eliminar
  2. Muito obrigado.
    Realmente nunca dei conta desta edição...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem de quê.
      Eu creio que, nesta altura, o Eugénio ainda não era muito conhecido. A grande difusão da sua obra inicia-se sobretudo, em 1966, com a publicação, pela Portugália, dos "Poemas", na prestigiada colecção Poetas de Hoje.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Ainda bem.
      Boa noite.

      Em tempo: houve algum problema com o encontro das 17h45, aprazado para hoje?

      Eliminar
  4. Tenho vários livros de E.deAndrade. Uma Antologia Breve da Inova de 1972
    E outro que não encontro "Duas cidades",possivelmente Lisboa e Porto.
    -Eu dizia:/"nenhuma brisa é triste",/e procurava,lábios,/luz,um corpo/onde a solidão fosse impossível. ............Vou aproveitar o livro que não lia há muito. Devo-lhe sempre um agradecimento. Boa noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo o que eu faça para que se leia mais Eugénio de Andrade, é pouco.
      Conheci-o pessoalmente e carteei-me com ele, por uns tempos (no Arpose constam alguns sinais disso). Era um Poeta de grande generosidade, que muitos testemunhos não registaram, infelizmente.
      O destruir da sua Fundação (que Mário Cláudio registou em livro, "elipticamente) encheu-me de tristeza e raiva.
      O "Duas Cidades" creio ser sobre o Porto e Coimbra, mas o Eugénio tem um poema lindíssimo sobre Lisboa, que começa: "Alguém diz com lentidão/ Lisboa, sabes...

      Uma muito boa noite, com estima.

      Eliminar
  5. Calculei o sinónimo de "cartear", mas fui confirmar; nunca tinha ouvido a palavra! Por aqui é sempre a aprender:)
    Boa noite:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Folgo com isso, nem tudo se perde..:-)
      Boa noite.

      Eliminar