domingo, 22 de julho de 2018

Gabriel Fauré (1845-1924) : Pavana

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Uma obra magnífica, sem dúvida.
      Um bom domingo.

      Eliminar
  2. Para fim de tarde, uma bonita melodia.
    Sempre a música a acompanhar-nos.

    ResponderEliminar
  3. Confesso que passo pelos clips musicais publicados neste blogue e fico a escutar a bela selecção que por aqui é oferecida aos seus visitantes. Tenho feito belas descobertas e percorrido saborosas memórias musicais.
    Muito boa tarde!
    Muito

    ResponderEliminar
  4. O "muito" embora tenha saído repetido, termina por reforçar a ideia de que o Verão talvez esteja finalmente para chegar:)
    (E a Paula dirá: as pressas dão nisto!)
    Boa tarde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas suas palavras.
      Do que gosto muito, partilho, mas evito as coisas banais ou já muito conhecidas, embora bonitas, como os "Für Elise" e os "Nessun Dorma", ou aquelas músicas que o venal sr. André Rieu malbarata e explora, com sucesso antecipado e garantido, pelos palcos populistas deste nosso mundo...
      É melhor sermos cautos... porque, ao que dizem, amanhã a temperatura vai baixar. Mas prometem uma boa primeira quinzena de Agosto. Também há que ter esperança.
      Um bom fim de tarde.

      Eliminar